O Santuário do Sameiro, é, no seu todo, um conjunto de edificações (para uso religioso ou não), de áreas ajardinadas e de lazer, de espaços de passeio e de circulação, em que, cada qual, desempenha a sua função, neste global que é o “nosso” Santuário.

Temos vindo, uns após outros, ao longo dos tempos, desde a sua criação, pelo Padre Martinho da Silva, até aos nossos dias, zelando, conservando e engrandecendo o santuário, ora erguendo uma estátua, ora desbravando uma mata e transformando-a num belo jardim, ora deitando mão ao telhado da basílica que está em muito mau estado, ou abrindo uma nova e ampla avenida, encimada por um belo cruzeiro, etc… De tudo tem sido feito para manter este espaço global, sempre bonito e asseado para que, para nós próprios e para quem nos visita, se sinta bem neste lugar sagrado. E para que, quem nele desenvolve a sua atividade profissional ou de voluntariado, se sinta bem e seguro, e assim desempenhe o seu labor, da forma mais adequada e produtiva.

Na chamada “Casa das Estampas”— que na realidade, é mais do que isso, pois nela estão instaladas as irmãs Dominicanas e a Reitoria do Santuário, para além do já citado espaço, que é a Casa das Estampas — somos, desde há já algum tempo, confrontados com um estado de degradação do edifício que, não é saudável, nem próprio, para quem lá trabalha, ou vive mesmo, como é o caso das irmãs, de quem trabalha na Casa das Estampas e do próprio reitor do santuário, que tem ali a sua residência oficial.

Perante o estado a que se chegou, é esta Confraria obrigada a deitar mão ao trabalho e intervencionar o espaço, de forma a torná-lo minimamente habitável. Já foram feitos levantamentos, estudos e pedidos orçamentos, para podermos realizar a obra de recuperação do telhado do edifício.

Vão ser necessários no mínimo 180.000 euros, para executar as obras mais básicas. Uma parte, com imensa dificuldade, a Confraria disponibilizará, sendo que, para podermos cumprir os compromissos que, certamente iremos celebrar, teremos de amealhar o restante, de forma a honrarmos os compromissos.

Não temos alternativa senão apelar, mais uma vez, ao coração solidário de todos os que gostam do Santuário do Sameiro. Precisamos da vossa ajuda, para levarmos a bom termo, mais esta tarefa hercúlea, em prol do amado Santuário do Sameiro por todos nós.

Colocamos à sua disposição vários meios de nos fazer chegar o seu donativo — clique aqui

Que Nossa Senhora do Sameiro vos cumule de bençãos e vos retribua o generoso gesto.

Sem categoria