Como foi ontem anunciado pelo Governo português, a partir de15 de Janeiro (inclusive), entramos num novo período de estado de emergência, com ordem de confinamento geral.

Desta vez, no entanto, desde logo de acordo com o Decreto do Presidente da República, sem limitação da liberdade religiosa e, consequentemente, com a permissão para a continuação da realização de celebrações religiosas.

Se, por um lado, nos alegra o facto de podermos celebrar a Fé presencialmente, em Igreja e comunidade, estamos cientes da gravidade da situação pandémica e «conscientes das responsabilidades que nos competem», como nos lembra e recomenda o Senhor Arcebispo Primaz na “Nota Pastoral a propósito deste novo confinamento”, «sendo cumpridores escrupulosos de tudo quanto nos é determinado pelo Governo e pela DGS.

As normas a cumprir obrigatoriamente, antes, durante e depois das celebrações, são as que foram aprovadas pela DGS e pela Conferência Episcopal Portuguesa em Maio de 2020, com especial atenção:

  • A higienização das mãos;
  • O uso de máscara
  • Manter a distância de segurança recomendada de 2 metros entre cada pessoa, a não ser que coabitem
  • Não haver aglomerado de pessoas, no final da celebração

Assim, os horários das celebrações no Santuário do Sameiro, durante o Estado de Emergência (15 a 30 Janeiro 2021) serão os seguintes:

As Missas de Segunda-feira a Sábado de manhã serão na BASÍLICA:
10h00 e 16h30 (precedida da recitação do Terço)

A Missa Vespertina de Sábado e as Missas de Domingo serão celebradas na CRIPTA:
Sábado
16h00 – Terço | 16h30 – Missa
Domingo
Missas: 07h30 | 09h30 |11h30 | 16h30
Terço: 16h00

Na certeza de que todos iremos acatar civilizadamente estas orientações e contribuir responsavelmente, continuemos a invocar a protecção de Nossa Senhora do Sameiro, rogando-Lhe que liberte o mundo deste flagelo.

Sem categoria