Caríssimos cristãos e devotos de Nossa Senhora do Sameiro,

Com estima, esperança e solidariedade cristãs vos dirijo esta mensagem.

Foi hoje, 21 Janeiro 2021, decretada por precaução, pela Conferência Episcopal, a suspensão da celebração pública de celebrações religiosas, com efeitos a partir deste Sábado, 23 Janeiro 2021, e até ulterior indicação.

Assim, em obediência a esta norma da Conferência Episcopal e às orientações emanadas pelo Senhor Arcebispo Primaz de Braga, na sua última Nota Pastoral, e por deliberação da Comissão Administrativa da Confraria de Nossa Senhora do Sameiro e minha, Reitor deste Santuário, determina-se o seguinte: 

  • As Missas dominicais e semanais estão suspensas até novas diretrizes, bem como o serviço de Confissões. Procuremos valorizar a oração, pessoal e em família, acompanhando pela televisão, rádio e/ou internet a transmissão da Missa (dominical e ferial); através da leitura e meditação da Palavra de Deus; da recitação individual e/ou em família do Terço.
    As intenções de Missas já marcadas poderão ser reagendas para quando voltarmos a celebrar com a presença física dos fiéis.
  • A Basílica estará encerrada a partir das 18.00 horas de hoje, 22 de Janeiro, bem como a Capela da Adoração ao Santíssimo Sacramento. Apenas a capelinha de Nossa Senhora do Sameiro, que se encontra no exterior, permanecerá aberta.
  • As Missas agendadas por grupos de peregrinos, nacionais e estrangeiros, estão canceladas.
  • Os Matrimónios, Batizados e Jubileus de Casamento marcados estão cancelados enquanto se mantiver em vigor estas determinações. Podem ser reagendados, se for essa a vontade dos interessados, em dia e data a combinar com o Reitor do Santuário.
  • O atendimento presencial na Reitoria está encerrado, podendo ser feito via email (reitoria@santuariodosameiro.pt).

Os tempos que Deus nos permite viver são exigentes, onde são postos à prova os nossos limites humanos e espirituais, incluindo a nossa relação e confiança em Deus. Porém, as situações difíceis são muitas vezes ocasião de crescimento espiritual, se as soubermos viver em Deus. Vivamos, pois, estes tempos com serenidade, esperança e confiança, buscando, em Deus, na Virgem Maria, Nossa Senhora do Sameiro, em São José, neste ano que Lhe é particularmente dedicado, e nos Santos, a coragem necessária para os enfrentarmos.

Não nos esqueçamos também de colocar no coração de Deus todos os doentes, os profissionais de saúde, os nossos governantes e os que  partiram para o Céu, direta ou indiretamente, por motivo desta pandemia, na certeza de que a nossa oração lhes será proveitosa. Cuidemos de nós e, como nos lembra o Programa Pastoral da nossa Arquidiocese para este ano, cuidemos também dos outros, a exemplo do Bom Samaritano.

Rezemos uns pelos outros! Coloquemo-nos sob o manto protetor de Nossa Senhora do Sameiro, saúde dos enfermos e auxílio dos cristãos!

O Reitor do Sameiro
P. Delfim Coelho

Sem categoria