A Confraria do Sameiro vai assinalar a 15 de maio de 2022 os 40 anos da visita do Papa S. João Paulo II ao Santuário do Sameiro. As comemorações incluem exposições, um concurso e a edição de um livro, culminando com a celebração da Eucaristia no mesmo local e com os mesmos cânticos onde o Papa celebrou há 40 anos.

A 15 de maio de 2022 completam-se 40 anos da visita do único Papa que foi ao Santuário do Sameiro. A data vai ser devidamente assinalada, com um programa anunciado ontem em conferência de imprensa, que começa já em setembro e se prolonga até ao dia 15 de maio do próximo ano.

Aos jornalistas, o presidente da Confraria do Sameiro lembrou que, depois da visita, S. João Paulo II ficou perenizado no Sameiro de muitas formas. O Santuário, disse, guar- Sameiro assinala os 40 anos da visita de S. João Paulo II da o solidéu oferecido pelo Papa, o paramento com que ele celebrou, uma relíquia com uma gota do seu sangue e a sua estátua está mesmo à entrada do santuário.

Da missa a que o Papa presidiu a 15 de maio de 1982 ficou ainda a cadeira que está no salão nobre da Confraria, o paramento e o livro, existindo ainda outros materiais ligados a esta visita.

Para assinalar este momento tão marcante, disse o Cónego José Paulo Abreu, a Confraria do Sameiro apela aos fotógrafos que estiveram na cerimónia, há 40 anos, que facultem as fotografias que fizeram, pedindo o mesmo aos particulares.

A Confraria vai aproveitar o momento para convidar o Papa Francisco para uma visita na altura das JMJ 2023.

Todas estas fotografias, com outros materiais e peças que o Santuário possui, vão dar corpo depois a exposições mensais que começam já no próximo mês de setembro.

Para além das fotos, acrescentou, a Confraria pede àqueles que fizeram filmagens que as cedam, para complementar com as imagens da RTP, que fez a cobertura de visita.

«Iremos também pedir a quem quiser que ponha por escrito o seu testemunho da sua presença aqui, o que sentiu, as suas emoções, o que a vinda do Papa lhe disse», acrescentou o sacerdote.

Fotografias, vídeos, testemunhos, e pedido de esclarecimentos em geral sobre este assuntos, devem ser colocados pelo email postodeturismo@santuariodosameiro.pt ou no próprio Posto de Turismo do Sameiro.

Integrado nesta comemoração, revelou o presidente da Confraria, vai ser lançado um livro, com algumas das fotografias cedidas, com alguns dos testemunhos recolhidos, com a homilia proferida naquele dia pelo Papa S. João Paulo II, que teve por tema a família, as notícias dos jornais, cerca de 70, publicadas naquela altura, e algumas cartas enviadas por entidades oficiais que nunca foram reveladas. «Nós temos muita correspondência que ninguém conhece », disse.

Outra iniciativa é a realização de um concurso de lenços bordados. A Confraria desafia as pessoas a bordarem num lenço de homem uma frase alusiva ao Papa S. João Paulo II e à sua visita ao Sameiro, complementando com um desenho. O lenço vencedor, escolhido por um júri, revelou o cónego José Paulo Abreu, vai ser enviado e oferecido ao Papa Francisco, juntamente com um convite para que visite o Santuário do Sameiro quando vier a Portugal para as Jornadas Mundiais da Juventude.

O ponto alto desta comemoração, realçou o cónego José Paulo Abreu, acontece a 15 de maio de 2022, que calha a um domingo. Nesse dia, acreditando que a situação pandémica esteja ultrapassada, pretende-se celebrar a Eucaristia à mesma hora e no mesmo local em que o Papa presidiu à missa.

Por fim, o sacerdote sublinhou que este não é um programa fechado, estando aberto a sugestões das pessoas.

[in Diário do Minho 13.8.2021]
Eventos